segunda-feira, 6 de maio de 2013










José Carlos Limeira




Legado


 


Algumas mulheres trazem à vida outros seres

Mães que se tornam : criam, educam

Outras encontram esses mesmos seres pelas sendas
 
da vida

Recolhe-os ao ventre da compreensão, legítimo de
 
amor.

Mães que sempre foram: reeducam, orientam,
 
cantando canções sem conta ao som de
 
línguas, que contam muitos contos, enquanto,
 
prepara-os eternos, em novos nomes:
 
continuidade da herança ancestral de fazer
 
Renascer ... Nós que viemos da aurora dos
 
tempos

Aprendendo com as águas, ouro e sementes

E somos mais fortes que os lamentos

Herdamos dos antepassados valentes

Quilombolas do imenso Curuzu

Saber que devemos ser atentos

Às mães, elas que zelam por nós

Filhos queridos, seus erês

Que carregamos no peito o fogo dos sentidos

Felizes por contarmos com as bênçãos de Omulu

Nós guerreiros, muzenzas, yaôs, vodunces

De Stela de Oxossi, Bebé, Val, GaiaKu, de todas

como Mãe Hilda Jitolu

A elas tudo devemos, sobretudo o aprendizado

De apesar de tudo, possuirmos

Enormes reservas de amor

Um inigualável amor

Um comentário:

  1. mulher sabe naturalmente o que é o amor incondicional..
    o homem tem que aprender.

    ResponderExcluir